quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Buçaco reservado tinto 2013 / Buçaco reservado branco 2014

As minhas duas últimas aquisições, um tinto e um branco, foram aquele que é considerado um dos ícones dos vinhos portugueses: Buçaco.
Por enquanto vão hibernar serenamente na garrafeira...



Alexandre de Almeida, criador dos vinhos Buçaco, importou o conceito de aliar a hotelaria de luxo a uma adega e um vinho próprio.
Estes eram considerados objectos de culto, limitados a círculos fechados, à elite, servido a reis, rainhas, chefes de estado, como comprovam as ementas, guardadas no Hotel Palace Bussaco.

Os vinhos do Buçaco ainda são nos dias de hoje vinificados da mesma maneira, com os mesmos preceitos de antigamente. A sua mistura, das regiões do Dão e da Bairrada, faz com que evoluam nobremente em garrafa e além disso mantêm os seus característicos e nobres rótulos.

Quem é apreciador de vinhos deveria, pelo menos uma vez na vida, beber este maravilhoso néctar...

Ricardo Soares

Sem comentários:

Enviar um comentário