sábado, 28 de abril de 2018

Borlido branco 1995


Gosto de escrever. E de um bom vinho. 
Sinto que tenho necessidade de dizer quem sou e o que estou a fazer.
Sinto que tenho necessidade de deixar algo escrito.
Porque a vida não é eterna e deixar algumas palavras escritas pode ser uma forma de eternidade.
Por mim, pelo texto e pelo vinho.
Principalmente de vinhos desaparecidos...

Ricardo Soares

Sem comentários:

Enviar um comentário