quarta-feira, 19 de setembro de 2018

Vega Sicilia Oremus Mandolás Tokaj Dry 2015


A paixão que nutro pelos vinhos deve-se, grande parte, ao Pedro Costa da Garrafeira Jofre na Maia.

Foi a sua própria paixão pelos vinhos, a forma como a transmite, que me fez descobrir este mundo e querer aprender.
Com ele aprende-se involuntariamente, aprende-se a ler mais em profundidade do que em largura e a alegria com que o transmite  faz-nos pensar e querer aprender cada vez mais.

Com o Pedro é uma espécie de "...acto de confiança que dá paz e serenidade. (Fiodor Dostoievski)".
Quase sempre lhe solicito que me elabore uma caixa de vinhos à sua escolha e passo um cheque em branco. Só vejo o que comprei quando chego a casa. Na minha última compra veio uma garrafa de Vega Sicilia Oremus Mandolás Tokaj Dry 2015.

Mal provei este vinho pensei logo: "é por isto que adoro e confio naquele gajo!"

Este branco seco, produzido na região húngara de Tokaji, com uvas Furmint, por Oremus (Vega Sicilia), surpreende com a sua postura e frescura, apresenta-se encorpado e com uma fantástica delicadeza e finura, cremoso e uma acidez singular.

Único e incomparável.

É nestas alturas que sinto que ainda tenho muito para aprender. Não me envergonho de o dizer porque não me envergonho de raciocinar e aprender.

Ricardo Soares

P.S.: Pedro, podes fazer mais uma caixa de vinho à tua escolha que eu depois passo aí?

Sem comentários:

Enviar um comentário